Networking sempre será a resposta…

As vezes simplesmente acontece, sabe… Chega o momento que você precisa buscar uma oportunidade de trabalho, seguir um caminho diferente, alcançar um novo patamar.

Independente dos motivos que te levaram até este momento, é normal se sentir um pouco confuso e ter de parar e respirar para compreender quais são seus objetivos, o que te motiva e principalmente, onde você quer chegar.

Quem não sabe para onde vai, acaba chegando em qualquer lugar, isso tem sido muito falado ultimamente e no campo profissional é uma verdade, um verdadeiro vácuo onde vejo diversos amigos, conhecidos e desconhecidos caindo indistintamente, um após o outro.

Estou aqui para lhe contar sobre o que me salvou de cair neste abismo, desde o primeiro momento: Networking.

Hora de Mudar

Eu era Inside Sales em uma das startups mais incríveis do Rio, mas o momento de seguir um novo caminho chegou. Eu resolvi focar o máximo possível no LinekedIn, e desde a primeira semana já fui me aconselhar com os feras de Networking e Marketing que eu conhecia, recebendo dicas valiosas que resultaram em uma reformulação geral no meu perfil.

Um amigo Head de Marketing havia validado por meses diferentes abordagens, e selecionou as melhores e mais bem-sucedidas, aplicando-as em seu próprio perfil e então me disse: “Estude e entenda o meu. Você poderá obter um ótimo resultado. E não copie apenas, óbvio! Rsrsrsrs“. (Valeu @Vinicius Pinto!)

— A Vaga dos Sonhos —

Assim o fiz, e logo compreendi que precisava interagir e aumentar minha rede, dominar esta ferramenta que pode ser tão poderosa para meu desenvolvimento profissional.

Após comentar em um post do mestre @Thiago Reis da Growth Machine (meu ex-diretor comercial), recebi uma oportunidade incrível, e ainda por cima era de Portugal!

Área de alto interesse para mim (Machine Learning e Data Analytics aplicado em Vendas), visibilidade profissional excelente, entrevista que me deixou louco pra começar e uma startup que havia acabado de receber investimento me faziam sonhar com um avanço desejado em minha carreira.

Mas nada é tão fácil não é mesmo? E sempre que possível, a burocracia do nosso país ainda complica as coisas para nós…

Esse nosso Brasil

Como comentei, a empresa era de Portugal, capitaneada por brasileiros que estavam expandindo sua operação. Mas eles não conseguiram avançar com as questões legais para a simples abertura da empresa por aqui e foram impedidos de prosseguir com seu planejamento, logo desistindo de vir para cá…

Eu fiquei desolado. Por um dia.

Entendi que eu possuía um conjunto de habilidades e experiências que me tornava único e que em algum lugar uma empresa precisava de um profissional como eu. Dependia de mim que eles me encontrassem.

Foi um período bem difícil, de lutas diárias e reflexões poderosas. Eu precisei confrontar muito meu Mindset, meus objetivos e reavaliar minha carreira e prioridades. Deixar coisas que eu acreditava serem essenciais mas na verdade me atrasavam, e perceber o quanto eu estava deixando de andar para frente e me desenvolver por motivos de crenças limitantes. Antes de tudo, se desenvolver profissionalmente é uma escolha que demanda ações. Decisão sem ação é o caminho mais rápido para a frustração, e eu aprendi isto na prática.

— A Virada —

Voltei para minha prancheta de opções e foi então que lembrei de um dos caras mais incríveis que já conheci. Um mentor nato, que tornou seu propósito de vida compartilhar com os outros sua experiência em vendas. Estou falando de Gustavo Malavota, CEO do Instituto Vendas.

Eu o havia conhecido em uma palestra onde meu ex-diretor comercial e também o ex-CEO haviam ministrado. Ele foi incrível, além de acessível ao final, e desde aquele momento, eu me tornei um constante “sugador” dos conhecimentos dele.

Tivemos outras oportunidades de contato, inclusive em treinamento dentro da empresa que eu trabalhava, e quando eu decidi quais eram meus objetivos para aquela nova etapa, eu também havia definido que para ser um dos melhores, eu precisava estar com um os melhores.

Liguei pra ele. Mais ou menos 1h de conversa e o que ele me disse?
Cara, você ligou no momento certo… eu estava justamente precisando de alguém igual a você…

Networking. Coragem. Foco.
Fazer o seu melhor. Aprender sempre. Não Desistir.

— A Jornada é a Recompensa —

Hoje eu não trabalho com o meu amigo Malavota, mas através dele faço parte de uma das mais importantes universidades do Rio de Janeiro, que possui uma missão incrível e principalmente um propósito alinhado com meu propósito pessoal.

Isso só foi possível através dos conselhos e da indicação do Malavota.

Eu trabalho com o que gosto, visualizando um projeto incrível para um futuro próximo. Estou na área de Vendas e Soluções Corporativas, que tanto me gosto e constantemente busco aprimoramento.

Tudo porque quando você executa um bom trabalho, você também acaba por conseguir definir um pouco de quem você é. E enquanto você souber para onde deseja ir e for fiel aos seus princípios, se cercando de pessoas que possam entendê-los e colaborar com eles, você nunca estará longe do seu caminho.


Créditos de Imagem: Pixabay, Tenor e GIPHY

Sobre o Autor Ver todos os posts Autor do Site

Natan Tomé

Sou um profissional com habilidades versáteis, perfil criativo e que ama aprender.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados*